Tio Bil Pendurando as Chuteiras Anuncia Segunda Década Digital

O presidente e fundador da Microsoft, Bill Gates, 52, abriu no domingo a CES (Consumer Electronics Show) de Las Vegas confirmando que esta foi sua última aparição no evento e que agora se inicia uma segunda década digital, “mais focada em conectar pessoas”. (confira galeria de imagens do evento)

“Este é meu último discurso de abertura. Em julho deixarei de ser um funcionário em tempo integral da Microsoft para trabalhar totalmente para a Fundação [Bill e Melinda Gates]”, assinalou em seu discurso de abertura da CES 2008.

Paul Sakuma/AP
“Este é meu último discurso de abertura”, disse Bill Gates, em Las Vegas

Gates já tinha anunciado que em julho deixaria de forma efetiva todos os trabalhos de gestão da Microsoft para concentrar-se em suas tarefas filantrópicas através da Fundação Bill e Melinda Gates.

Durante seu discurso, o magnata qualificou os últimos 10 anos como a “primeira década digital”, e disse que o período viveu um grande sucesso tanto no desenvolvimento de aparelhos como em suas aplicações.

“Nada vai nos segurar na segunda década digital, que estará mais focada em conectar pessoas e nas necessidades do usuário”, afirmou.

Gates disse que haverá três elementos-chave na nova década digital. O primeiro foi definido por ele como “experiências em alta definição”, tanto de vídeo como de áudio.

O segundo elemento citado por Gates foi que todos os aparelhos eletrônicos “estarão conectados por serviços”, o que permitirá compartilhar a informação entre uma multidão de usuários sem a necessidade de estabelecer pontes entre os aparelhos eletrônicos.

E o terceiro elemento, que Gates qualificou como “o mais subestimado”, são as novas formas de interação com computadores, telefones e outros aparelhos eletrônicos.

Implicações

Os discursos que Gates pronunciou na CES serviram para que o fundador da Microsoft mostrasse sua visão do futuro para o setor.

Quando Gates abandonar suas responsabilidades diárias à frente da companhia, para dedicar mais tempo a trabalhos filantrópicos, sua influência na direção do gigante da informática diminuirá de forma significativa.

A futura ausência de Gates terá implicações positivas e negativas, como muitos analistas do setor já comentaram.

Alguns dos ousados diagnósticos que Gates fez em edições passadas do CES nunca chegaram a se cumprir, como um mundo dominado pelo Tablet PC (computador pessoal com o formato de um laptop ou prancheta, que pode ser acessado com o toque de uma caneta especial) ou o desaparecimento dos spam em 2006.

Por outro lado, o fundador da Microsoft teve mais sorte ao anunciar a presença quase onipresente de computadores na vida moderna graças a sua fusão com produtos eletrônicos.

Mas nem sempre os acertos de Gates se traduziram em sucessos para a Microsoft, como no terreno dos videogames, da música digital e dos smartphones, onde outras empresas foram capazes de lucrar mais.

A ausência de Gates na abertura dos próximos CES abrirá as portas para outros visionários, como Steve Jobs, da Apple, e que triunfou nos campos onde a Microsoft falhou, com o iPod e o iPhone.

Com ou sem Gates, a CES continuará sendo uma das principais vitrines mundiais da eletrônica de consumo, o lugar eleito por centenas de empresas para antecipar as tendências de 2008.

Feira

Embora com 27 mil produtos na feira, que deve ser visitada por quase 150 mil pessoas dos dias 7 a 10 de janeiro, é difícil afirmar quais “gadgets” ganharão o interesse do público nos próximos meses. Algumas tecnologias estão recebendo grandes investimentos de capital e atenção.

Por exemplo, neste ano há um claro destaque dos telefones de tela sensível ao toque –que seguem a tendência do iPhone–, da televisão de alta definição (HD) com conexão sem fio e das telas gigantes de cristal líquido.

Além disso, a combinação de várias destas tecnologias, como a tela sensível ao toque de 52 polegadas que a Philips LG levou para Las Vegas.

Agora que está claro que a batalha das televisões de alta definição foi vencida pelas telas de cristal líquido, cujas vendas deixaram para trás as TVs de projeção traseira e de plasma, os fabricantes estão se preparando para a tecnologia do futuro, as telas de diodo orgânico emissor de luz.

A tecnologia também é conhecida como Oled, sigla para Organic Light-Emitting Diode ou diodo orgânico emissor de luz, e proporciona telas mais finas e flexíveis, que por sua vez oferecem uma grande redução do consumo de energia. Mas por enquanto a tela Oled, que estará presente na CES, é pequena e extremamente cara.

Published in: on 7 janeiro, 2008 at 10:15 am  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://originalidade.wordpress.com/2008/01/07/tio-bil-pendurando-as-chuteiras-anuncia-segunda-decada-digital/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] Radoom wrote an interesting post today onHere’s a quick excerpt O presidente e fundador da Microsoft, Bill Gates, 52, abriu no domingo a CES (Consumer Electronics Show) de Las Vegas confirmando que esta foi sua última aparição no evento e que agora se inicia uma segunda década digital, “mais focada em conectar pessoas”. (confira galeria de imagens do evento) “Este é meu último discurso de abertura. Em julho deixarei de ser um funcionário em tempo integral da Microsoft para trabalhar totalmente para a Fundação [Bill e Melinda Gates]”, assinalou em seu discurso de abertura da CES 2008. […]

  2. […] Here’s another interesting post I read today by Originalidade […]

  3. […] Read the rest of this great post here […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: